sábado, 16 de outubro de 2010

Felicidade

Engraçado como eu continuo fazendo as mesmas coisas todos os dias e ainda espero que tudo mude. Patético. Mais patético é essa falsa esperança que eu alimento, de que algum milagre repentino vai acontecer e tudo vai mudar, como se a minha felicidade fosse cair do céu.
Mas acho que nem isso posso dizer, "minha felicidade". Não posso chamar de meu algo que eu nunca tive. Na verdade, não posso chamar de meu algo que eu sequer sei se existe. Talvez seja algo inventado da cabeça do ser humano, pra fazê-lo viver com um falso sentimento.
Mas se ela existe, pra onde vai essa felicidade? Pra mim, jamais apareceu. Deixei a porta aberta esperando e apenas dei lugar aos meus próprios medos. Mas...o que é felicidade? Aquilo que nos move, ama e mata, nos enche de esperança e depois nos descarta. Felicidade é utopia.



Texto escrito no dia 19 de maio de 2010.

8 comentários:

Raul. disse...

"Engraçado como eu continuo fazendo as mesmas coisas todos os dias e ainda espero que tudo mude." Isso também acontece comigo. ótimo texto, parabéns.

Ellie Amundsen disse...

Seu texto é admirável. Fez com que eu me identificasse e ficasse horas pensando sobre o assunto. Parabéns.

Radar disse...

Utópica mesmo. Não acho que seja algo fácil assim de se achar. E é bom que não seja. Você é uma diva, Jessie, sem mais.

Brenda Matos disse...

Ilusão, ilusão. Tudo é ilusão.

E eu ainda acredito que a minha chegará, e aí?

Beijoemti, Jessie-linda. :*

Maria Izabel disse...

O texto é muito bom, embora eu discorde.
Mas fico feliz em discordar com você quanto à felicidade ser algo utópico, sabe? Embora eu concorde que a mesma seja apenas uma invenção do homem, sei que um pouco de ilusão pode fazer bem.
Espero que tenha entendido o que eu quis dizer.
Mesmo assim, só da pra ser feliz se carregar consigo um pouco de egoísmo, digo, não dá pra ser feliz olhando para as desgraças que acontecem nesse mundo.
Obrigada por me fazer refletir, mesmo que minhas ideias sobre o assunto estejam meio bagunçadas no momento.
Beijos, você ganhou uma nova leitora :)

Júlia Souza. disse...

E é por isso que eu fechei a porta, com medo de ser visitada por alguns sentimentos desconhecidos (e outros conhecidos que já vieram me assombrar). Mas um dia, quando tiver coragem, vou escancarar a porta e enfrentar qualquer coisa que entre por ela. Só então poderei saber se essa tal felicidade realmente existe.
E se ela existir, será que saberemos lidar com ela? Tenho tantas perguntas...

@girlmelting, sua nova leitora.

jefhcardoso disse...

Oi, Jessie! Gostei do seu texto. Quero comentar. Tenho uma frase própria para isso:
“Ninguém deve ficar parado/Mesmo que a felicidade lhe caia do céu é preciso estar na hora e no lugar certo. Mova-se!” (Jefhcardoso)


http://jefhcardoso.blogspot.com

Amiga Bitch. disse...

Tão adoravelmente adaptável a minha vida.

Postar um comentário

 

Blog Template by YummyLolly.com - Photoshop Brushes Obsidian Dawn